Cinema

Published on julho 4th, 2019 | by sardinha

0

Annabelle: De Volta Para Casa

Sim, Annabelle não é o melhor filme da franquia de Invocação do Mal, mas também não é o pior (vide a Freira, rs). Teve seu primeiro filme bem fraquinho… melhorou um pouco no segundo filme e agora no 3º parece que acertaram a mão.

Diferente de Invocação do Mal, Annabelle usa todos os clichês e referências de filmes de terror e não se envergonha disso. Como em todo filme da Annabelle, o foco não é o casal Ed e Lorraine Warren, mas… por incrível que pareça, é muito focado na filha do casal, Judy de apenas 10 anos.

O filme começa logo com uma cena bem tensa do casal, mostrando o dia em que levaram a boneca para casa, mas a partir daí eles somem e quem assume bem a função é Mckenna Grace (de Capitã Marvel, Um Laço de Amor – Gifted). O terror começa logo pela manhã, o que, num primeiro momento, nos faz pensar que o diretor tem “bolas” (trocadilho com um dos personagens que traz o alívio cômico do filme). Basicamente, a história começa por causa de uma adolescente que resolve invadir a sala proibida da casa dos Warren e levar o caos para todos. Ela liberta Annabelle de sua prisão e a boneca faz o resto. Você conseguirá ver um pouquinho da história de alguns casos dos Warren e, assim, conhecer um pouco mais da família. No filme, Judy é deixada com uma babá adolescente que é a personificação da menina boazinha. Em contraponto, tem a amiga dela, a bad girl que surge para criar a confusão toda. Além disso, tem o menino apaixonado que surge para dar o alívio na tensão do filme de tempos em tempos. De todos, a menina de 10 anos é que é a mais centrada, corajosa e quem acaba resolvendo tudo.

Com algumas referências a filmes de terror antigos, como a cena em que Judy diz que vê gente morta em todo lugar (referência ao filme Sexto Sentido) e com algumas cenas de susto bastante clichês, o filme é banaca… até um pouco tenso, mas possui algumas cenas sem sentido e tem nível de sessão da tarde. Você fica esperando que a adolescente mala que causou tudo morra, mas nem o cara da pizza sofre um arranhão que seja.

Para quem tem medo de filme de terror e se assusta fácil, Annabelle é uma boa pedida. Para os demais, assista se não tiver nada melhor para fazer.

Nota: 6


Sobre o(a) Autor(a)

Claudia Sardinha não consegue passar um dia sem assistir um episódio de seriado (já são uns 40 na lista). Ama jogar videogame e é viciada em resident Evil (e nunca diga que é jogo de zumbi perto dela). Adora jogar FPS no PC e ler livros de fantasia nas longas viagens de ônibus pro trabalho.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑