Datas Comemorativas

Published on março 8th, 2019 | by sardinha

1

As melhores séries de tv criadas por mulheres

Existem várias mulheres trabalhando na TV, que criaram séries que conhecemos e amamos, transformando-as em sucessos. Mas poucas são as pessoas que têm noção disso. Quem são essas mulheres? Por isso, nesse dia das mulheres, resolvemos trazer uma lista de mulheres que estão por aí revolucionando Hollywood e produzindo alguns de nossos maiores entretenimentos.

GILMORE GIRLS

Criado por Amy Sherman-Palladino: A nativa de Nova York é muito querida por sua criação mais popular, a dramática e divertida comédia entre mãe e filha, as Gilmore Girls. Ela também trouxe consigo sua marca registrada de conversação rápida para outras séries, como Bunheads e, a mais recentemente, The Marvelous Mrs. Maisel.

Amy Sherman-Palladino

THE MARVELOUS MRS. MAISEL

Esta série se concentra em uma esposa não convencional na década de 1940 que foi rejeitada pelo marido e, por conta de sua situação, acaba como comediante stand-up. O sucesso de Sherman-Palladino reside na sua capacidade de explorar as complexidades das relações com um rico drama repleto de humor agudo.

 

ORANGE IS THE NEW BLACK

Criado por Jenji Kohan: A premissa deste programa é sobre a vida em uma prisão feminina de segurança mínima e é baseada em um livro de memórias de Piper Kerman. Mas o estilo que o torna tão fascinante é tudo devido a Kohan. O elenco, o ritmo e a interação pessoal entre os personagens criam uma tensão geral enquanto se misturam com os tipos de humor e absurdos que só podem ser encontrados em situações extremas. É o toque de Kohan que trouxe o OITNB para as conversas do dia a dia.

 

UNREAL

Criado por Marti Noxon e Sarah Gertrude Shapiro: É difícil acreditar que demorou tanto para ter um show que espetou a indústria de reality shows. A série de Noxon e Shapiro não traz nada de volta, uma vez que faz paródia a franquia Bachelor, seguindo um jovem produtor auto-destrutivo e imperfeito (Shiri Appleby) enquanto ela guerreia com sua consciência e seu chefe (Constance Zimmer). Antes de criar UnREAL Shapiro serviu como produtora no The Bachelor. Ela disse que o trabalho a tornava infeliz, mas certamente levou a uma televisão engraçada para o resto de nós.

 

THE GOLDEN GIRLS

Criado por Susan Harris: O renascimento cultural deste show depois de 20 anos fora do ar é uma prova de sua atemporalidade. Harris criou personagens que se parecem com vovós, mas exibem todas as alegrias, tristezas e estranhezas da amizade em qualquer idade. Enquanto Golden Girls foi sua criação de TV de maior sucesso, ela também contribuiu para All in the Family, The Partridge Family, Love, American Style e Benson.

 

30 ROCK

Criado por Tina Fey: O roteiro de Fey para o filme Garotas Malvadas (Mean Girls) e seu trabalho no Saturday Night Live (SNL) já haviam estabelecido sua marca afiada de comédia, mas 30 Rock anunciou que ela era uma força a ser reconhecida. Ela pode escrever, atuar, produzir e dirigir. Ela até ganhou um Grammy pelo audiobook de seu livro de memórias Bossypants. 30 Rock foi baseado em seu tempo trabalhando no SNL, e nos deu o mesmo tipo de personagens icônicos para representar e amar.

 

GREY’S ANATOMY

Criado por Shonda Rhimes: É difícil separar Grey’s Anatomy de outros sucessos de Rhimes, como Scandal e How to get Away with Murder. Ambos trouxeram algumas das melhores personagens femininas para a TV e estabeleceram um novo padrão para o drama. Antes desses incríveis sucessos, Rhimes aperfeiçoou suas habilidades como roteirista de filmes como O Diário da Princesa (The Princess Diaries) e Crossroads, aprendendo a criar histórias que lhe valeriam um lugar na lista das 100 pessoas que ajudam a moldar o mundo pela revista Time.

HOW TO GET AWAY WITH MUDER

Annalise Keating (atriz ganhadora do Oscar e do Tony, Viola Davis), professora brilhante, carismática e sedutora de direito de defesa, ensina uma aula chamada How to Get Away With Murder. Annalise, também é advogada de defesa criminal, seleciona um grupo de estudantes – os melhores e mais brilhantes – para ajudar com casos em sua empresa ao lado de seus funcionários, o confiável e discreto Frank Delfino (Charlie Weber) e Bonnie Winterbottom (Liza Weil), uma advogada associada. Surgem mistérios que testam os limites de todos e revelam verdades sombrias.

SCANDAL

Todo mundo tem segredos … e Olivia Pope (Kerry Washington) dedicou sua vida a proteger e defender as imagens públicas da elite da nação, mantendo esses segredos em segredo. A equipe de Pope está no topo do jogo quando se trata de fazer o trabalho para seus clientes, mas fica evidente que esses “gladiadores de terno”, especializados em consertar as vidas de outras pessoas, têm outros problemas para consertar  – os seus próprios.

 

JANE THE VIRGIN

Criado por Jennie Snyder Urman: Urman não tinha certeza se ela queria escrever Jane the Virgin no começo, dizendo que a idéia soava louca demais, mas a chance de criar personagens femininos diferentes era muito difícil de resistir. Seu trabalho rendeu às duas primeiras temporadas do programa 100% de avaliação no Rotten Tomatoes e tornou-o um sucesso de crítica e premiação. O público tem prestado atenção e a história não convencional de Jane se tornou uma das mais adoradas na TV. Ela também pagou suas dívidas ao longo dos anos escrevendo para shows como Gilmore Girls, Emily Owens, M.D e Reign.

 

THE MINDY PROJECT

Criado por Mindy Kaling: Ao observá-la como Kelly Kapoor no The Office, talvez não acreditássemos que Kaling pudesse criar essa comédia inteligente e super diferente. O que os espectadores não viram foi seu trabalho como escritora, produtora e diretora da série, habilidades que legitimamente lhe renderam a chance de criar seu próprio programa. Ela tem sido sincera sobre a diversidade, incentivando as mulheres a se amarem, não apesar de seu tamanho, forma ou cor da pele. Ela foi nomeada para a lista de 100 pessoas influentes da Glamour’s Women of the Year e da revista Time.

 

THE GOOD WIFE

Criado por Michelle King: The Good Wife foi um dos primeiros roteiros já escolhidos por uma rede para Michelle King e seu marido / parceiro de escrita. O personagem que eles criaram em Alicia Florrick (Julianna Margulies) tornou-se uma inspiração não só para mulheres divorciadas, mas para mulheres de todas as idades que lutam para encontrar e forjar seu lugar no mundo. O show foi recheado com personagens fortes e interessantes por toda parte.

 

WESTWORLD

Criado por Lisa Joy: Joy começou a escrever para Pushing Daisies antes de se mudar para Burn Notice como coprodutora. Ela co-criou o Westworld, baseado em um filme escrito por Michael Crichton, com seu marido Jonathan Nolan. Os dois trouxeram a idéia de Westworld pelo produtor Jerry Weintraub, mas foi sua visão expansiva e capacidade de casar a alta tecnologia e o Velho Oeste que transformou na série envolvente que amamos.

 

E claro, se ficou faltando citar alguma série, sinta-se a vontade de escrever nos comentários! 🙂


Sobre o(a) Autor(a)

Claudia Sardinha não consegue passar um dia sem assistir um episódio de seriado (já são uns 40 na lista). Ama jogar videogame e é viciada em resident Evil (e nunca diga que é jogo de zumbi perto dela). Adora jogar FPS no PC e ler livros de fantasia nas longas viagens de ônibus pro trabalho.



One Response to As melhores séries de tv criadas por mulheres

  1. Patricia Patricia says:

    Adorei!!! Nao sabia de um monte dessas series!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑