Eventos

Published on agosto 19th, 2019 | by sardinha

0

Brasil Game Cup passa a se chamar BGS Esports e ganha nova identidade visual

Mudança de nome faz parte da estratégia de marketing da BGS e pretende gerar maior reconhecimento do público, de patrocinadores, e integração das atrações do evento com ‘a marca mãe’. Mudanças já vêm sendo reveladas nas redes sociais por meio de teasers e vídeos

Em 2019, a área de competições de esportes eletrônicos da BGS, antiga Brasil Game Cup, passa a se chamar BGS Esports. As mudanças não se limitam ao nome, à identidade visual e à transformação dos perfis das redes socias, que ganharão cara nova, mas também à estrutura do espaço e ao conteúdo, com uma arena ainda maior e melhor, campeonatos inéditos, com as principais equipes do cenário competitivo e premiações com valores que superam os das edições anteriores, a exemplo do campeonato de CS:GO, cujas finais masculina e feminina já estão confirmadas para 10 e 11 de outubro, respectivamente, com prêmio total de R$ 100 mil. A antiga Brasil Game Cup ou BGC, como era conhecida, foi criada em 2014 e abriu espaço para os esportes eletrônicos dentro da BGS. Recebeu os principais campeonatos do cenário competitivo, como Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), Dota 2, League of Legends e Clash Royale, recebeu grandes equipes de eSports e renomados pro players, como Gabriel Fallen e Marcelo Coldzera.

“O objetivo é que o público, patrocinadores e o mercado identifiquem ‘de cara’, a BGS Esports como parte integrante Brasil Game Show e não como uma iniciativa independente. “Queremos aproveitar a força da marca mãe para gerar mais visibilidade, engajamento dos fãs de games e, consequentemente, maior retorno para o evento e para os expositores”, explica Fábio Almeida, coordenador de marketing da Brasil Game Show. Segundo ele, “a mudança busca uma aproximação, ’diálogo’ e interação entre a BGS e suas próprias atrações. Isso já acontecia, por exemplo, com o BGS Talks e BGS Summit e era fundamental trazer esse reconhecimento também para as competições de eSports, um dos espaços mais importantes, concorridos e agitados da feira”.

Essa não é a primeira vez que a BGS passa por uma mudança significativa de branding. No início do ano, a própria Brasil Game Show teve a marca totalmente reformulada e um novo posicionamento definido “Aqui se joga_”, reforçando o DNA gamer da maior feira de jogos eletrônicos da América Latina.

 

A transição nas redes sociais  

A mudança de marca foi anunciada nas redes sociais da BGS Esports e será concluída em três fases. Na primeira, realizada no início de julho, foram publicados teasers com a novidade. Na segunda, também em julho, foi veiculado o vídeo https://youtu.be/FEl3yD4FIv0. Na última etapa, programada para outubro, dias antes do início da feira, será feita a migração dos seguidores dos perfis da BGS Esports para os canais oficiais da Brasil Game Show, onde também serão publicados todos os demais conteúdos relacionados a eSports.

Em termos de atrações, a BGS Esports promete superar as edições anteriores da Brasil Game Cup. Além das finais já confirmadas dos torneios masculino e feminino de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO), até o evento outros campeonatos serão anunciados.

Muitas novidades nas disputas de CS:GO

Os torneios masculino e feminino de Counter Strike da Brasil Game Cup (CS:GO) já estão sendo disputados em etapas online e com grandes novidades em relação à edição anterior. Esse ano, além um prêmio total de R$50 mil por torneio, nas duas modalidades, doze equipes convidadas se enfrentam em sistema de pontos corridos e os oito melhores se classificam para a fase eliminatória, em que os vencedores de cada duelo avançam e os perdedores deixam a competição. As duas equipes que chegarem às finais nos dois torneios se enfrentam em 10 e 11 de outubro no palco da BGC, com narração, comentários e transmissões ao vivo.

As equipes participantes do torneio masculino são Bulldozer e-Sports, DETONA GAMING, INFLAMES, INTZ Academy, Isurus Gaming, paiN Gaming, RED Kalunga , Redemption eSports POA, Santos e-Sports, Team Reapers, Tribo Fu e W7M Gaming, campeã da BGC 2018. Já no feminino, se enfrentam: IMPERIAL, INTZ eSports, EHOQ, Isurus Gaming, Malvinas Gaming, New Eagles Team, nicetry! Femme, paiN Gaming, PrettyLitleLiars, Team One, UltrAvioleNt e Vivo Keyd.

A 12ª edição da BGS será realizada entre 9 e 13 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP

Para mais informações sobre a Brasil Game Show, acesse: www.brasilgameshow.com.br  

Ingressos – 4° lote (até 15/8)
Individual: R$ 99 (ingresso válido para um dia de evento aberto para público – 10, 11, 12 (esgotado) ou 13 de outubro – 23% de desconto.
Passaporte: R$ 297 (acesso a todos os dias de evento abertos ao público – 10, 11, 12 (esgotado) e 13 de outubro – 23% de desconto.
Premium: R$ 599 (acesso a todos os dias de evento, incluindo o dia exclusivo para imprensa e business – 9,10, 11, 12 (esgotado) e 13 de outubro. No dia 9/10, a entrada será permitida a partir das 15h, e nos dias abertos ao público a partir das 12h. O ingresso Premium também permite o acesso diferenciado e sem fila – 30% de desconto.
Business: R$ 599 (acesso a todos os dias de evento, incluindo o dia exclusivo para imprensa e business – 9,10, 11, 12 (esgotado) e 13 de outubro. Em 9/10, a entrada será permitida a partir das 15h, e, nos dias abertos ao público, a partir das 12h por entrada diferenciada. O ingresso também dá acesso à área B2B – 30% de desconto.


Sobre o(a) Autor(a)

Claudia Sardinha não consegue passar um dia sem assistir um episódio de seriado (já são uns 40 na lista). Ama jogar videogame e é viciada em resident Evil (e nunca diga que é jogo de zumbi perto dela). Adora jogar FPS no PC e ler livros de fantasia nas longas viagens de ônibus pro trabalho.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

error

Gostou desse blog? Então, não esqueça de compartilhar! :)