Eventos

Published on agosto 6th, 2019 | by sardinha

0

Primeiro evento sobre diversidade nos games

Qual o papel da representatividade negra na indústria criativa, em especial no setor de games? para responder a esta e a outras perguntas, o Conselho da Diversidade da Abragames – Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais organiza o primeiro bate-papo para discutir a questão da representatividade negra nos jogos eletrônicos e na indústria de games.

O debate “Representatividade Negra nos Games” acontece no dia 7 de agosto, às 19h, na Biblioteca da Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2.500), entrada franca. A Abragames convidou desenvolvedores de jogos que têm atuado nesta causa e pesquisadores da área para discutir onde estamos a para onde queremos ir quando o assunto é representatividade negra.

Entre os debatedores, estão: Raquel Motta (Sue The Real), José Wilson (Pix Juice), Marcos Silva (Sue The Real), Mariana Rodrigues (Flux Games), Simon Gamboa (Tapps Games), Ivelise Fortim (Homo Ludens), .

Segundo os organizadores do evento e representantes do Conselho da Diversidade da Abragames, entre os objetivos do Conselho, está a conscientização da comunidade gamer e de empresários sobre a desigualdade, ainda presente em diversas esferas sociais e sobre a maneira como ela, infelizmente, reflete em toda a nossa produção nacional. “Para isso, é necessário abrir espaço para diálogo e discutir questões relacionadas à diversidade de gênero, de raça, de identidade sexual, deficiências e seu impacto na indústria brasileira de games”, afirma Vicente Vieira Filho, vice-presidente da Abragames.

Durante o evento, serão anunciadas as diretrizes do Selo de Apoio e Incentivo à Indústria na  Categoria Raça, outra iniciativa do Conselho da Diversidade. As diretrizes irão compor as normas representativas do Selo de Apoio e Incentivo à Diversidade, um instrumento criado para prestigiar e evidenciar ações relacionadas à produção de jogos no Brasil. “Atualmente, apenas o selo de Gênero e LGBTQ+ estão disponíveis, aproveitamos o evento para lançar o selo de raça”, explica Camila Malaman, representante do Conselho e uma das organizadoras do evento.

Serviço:
Data:  07/08
Horário: 19h às 21h
Local: Biblioteca da Unibes Cultural, Rua Oscar Freire, 2500 – SumaréSão Paulo, SP 05409-012
Entrada: Gratuita
Inscrições: https://bit.ly/2OG0XA2

Palestrantes:
Mariana Rodrigues, Flux Games
Simon Gamboa, Tapps Games
Ivelise Fortim, Homo Ludens
Marcos Silva, Sue The Real
Raquel Motta, Sue The Real
José Wilson, Pix Juice

Sobre a Abragames
Criada em 2004 por um grupo de empresas de desenvolvimento, a Abragames, Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais, surgiu como uma entidade sem fins lucrativos e com o objetivo de fortalecer a indústria nacional de desenvolvimento de jogos. www.abragames.org 

Sobre o Conselho da Diversidade
O Conselho da Diversidade da Abragames foi criado em outubro de 2018 e é formado por um grupo de mais de 10 profissionais da indústria de games de empresas associadas à Abragames. O objetivo é promover ações que ajudem a difundir a cultura do respeito e da igualdade nos ambientes de estudo e trabalho da indústria de jogos em território nacional, por meio da oportunidade de inclusão e, consequentemente, maior representação, do grupo aqui descrito como minorias representativas: composto por mulheres, cis e trans, pela comunidade LGBTQI+, pessoas negras e de outras etnias e pessoas portadoras de deficiência.

Sobre a Unibes Cultural
A Unibes Cultural é um centro de cultura para todas as idades que oferece programação diversificada e majoritariamente gratuita a toda a população. Foi criado em 2015 pela Unibes, instituição filantrópica com mais de cem anos de atuação na cidade de São Paulo e que tem como foco de atuação a área de desenvolvimento social. O novo centro de cultura tem como vocação levar conhecimento de forma democrática e plural aos habitantes de São Paulo e a todos os brasileiros. Um dos diferenciais é o amplo espectro da programação, estruturada em torno de temas contemporâneos, como: longevidade, empreendedorismo, arquitetura, urbanismo, economia criativa, moda, design, atualidades, tecnologia, universo digital, gastronomia, sustentabilidade, música, turismo, literatura, artes visuais e filosofia. Em torno desses temas, é construída a programação de cursos, palestras, workshops, shows, exposições interativas e feiras temáticas. O espaço foi criado para estimular o convívio intergeracional e possui áreas de coworking, wifi livre e cafeteria.
https://unibescultural.org.br/


Sobre o(a) Autor(a)

Claudia Sardinha não consegue passar um dia sem assistir um episódio de seriado (já são uns 40 na lista). Ama jogar videogame e é viciada em resident Evil (e nunca diga que é jogo de zumbi perto dela). Adora jogar FPS no PC e ler livros de fantasia nas longas viagens de ônibus pro trabalho.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

error

Gostou desse blog? Então, não esqueça de compartilhar! :)