Como abrir documentos no iPad sem usar o iTunes

Pessoal, eu não possuo tablet, muito menos iPad nem nenhum outro produto da Apple. Recebi por e-mail uma dica que pode ser muito útil para àqueles que possuem, mas não tive como testar para saber se funcionava bem como informado.
Quem enviou foi o Luis Filipe Ribeiro. Ele e a esposa possuem um iPad. Ele diz que, no começo, apanhava um pouco para manejar tudo com simplicidade. Então pegou a manha e resolveu dar a dica para ajudar aos demais que tenham o mesmo problema para ler, como ele já teve. Veja só.
Primeiro: para ler no iPad o melhor e quase o único formato confortável é o ePUB. O formato PDF complica na hora de manejar o tamanho dos tipos. Ao aumentá-los, aumenta-se o tamanho da página e é um perrengue. Com o ePub, seja no iBook (o melhor!), seja no Stanza, seja no BlueFire Reader, o manejo do texto é muito mais simples e ágil. Você maneja fontes, iluminação etc, sem alterar o tamanho da página.
Segundo: se você só tem o arquivo em .PDF e não deseja modificá-lo (para isso o Calibre é imbatível! ainda que nem sempre o resultado seja o desejado), há dois bons programas para lê-lo: o PDF Notes e o PDF Reader Pro. Os outros todos que conheço lhes são inferiores, inclusive o iBook.
Terceiro: esqueçam o iTunes como meio de transferência de arquivos. Ele é um porre da Apple. O meio mais simples é usar WiFi. A primeira opção é evidentemente o DropBox. É um site de arquivamento de dados na nuvem. Até 5 GB é grátis. O endereço é www.dropbox.com. É só abrir uma conta, baixar o aplicativo para o Desktop (têm versões para Mac, Linux e Windows) e baixar o aplicativo para o iPad. O resto é brincadeirinha. Um arquivo que você colocou no folder do DropBox do Desktop, aparece em seguida no DropBox do iPad. Você abre o arquivo no próprio Dropbox e ele oferece as opções de abrir com e lista seus programas de iPad capazes de ler o arquivo. Mais fácil que isso, impossível.
Além do DropBox, existem opções interessantes como: iFileExplorer, Downloads HD ou AirDrive. Os três são programas para iPad que abrem no seu Browser, através de um endereço numérico de web, uma interface, onde você escolhe os arquivos a serem transferidos para o seu iPad. Aí é só clicar e mandar transferir. Chegando o arquivo no iPad, ocorre o mesmo que com o DropBox.
Quanto aos tablets e leitores é mais uma questão de gosto pessoal. No geral todos eles desempenham bem suas tarefas. Claro está, que o iPad leva uma dianteira tecnológica indiscutível. Quanto à diferença entre leitores de ebooks e tablets, a diferença essencial está em ter luz própria ou não, o que para mim praticamente não é uma diferença, na medida que posso controlar o fluxo de luz nos tablets. Outra diferença é que um tablet é um micro-computador com todas as vantagens e desvantagens que isto acarreta. Um leitor de ebooks é isso mesmo, só serve pra ler livros, ver umas fotos (em branco e preto) e ouvir umas músicas. Mas são mais leves, mais baratos e menores. Alguns suportam WiFi outros, não. Neste caso, dependerão de cabos e programas para serem abastecidos. Vai do gosto, das possibilidades e da experiência de cada um.
No essencial, todos são ótimos instrumentos de leitura, que é o que importa!
Desculpem o tamanho do email, mas acho que pode ajudar.
E ajudou, Luis!
O blog Tecnologia Outonal agradece em nome de todos que foram ajudados pela sua dica.
É isso, pessoal.. quem quiser colaborar, pode nos escrever 🙂
Abraço a todos e bom fim-de-semana
Claudia Sardinha

5 thoughts on “Como abrir documentos no iPad sem usar o iTunes

  1. Hello! I realize this is kind of off-topic however I needed to ask. Does operating a well-established website like yours require a massive amount work? I am completely new to blogging but I do write in my diary every day. I’d like to start a blog so I will be able to share my experience and feelings online. Please let me know if you have any kind of suggestions or tips for new aspiring blog owners. Appreciate it!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *