Microempresas ainda não usam todo potencial da Internet

Se levarmos em conta que apenas 51% da população brasileira possui computadores e, deste total, nem metade tem acesso a Internet, é até fácil entender.

Porém, comercialmente falando, estamos em 3° lugar mundial em vendas de computadores. Atrás apenas de Estados Unidos e China.

Em 3° lugar! Nossa informática aplicada deveria ser mais efetiva, não? Pois é… não é. De acordo com estudo realizado pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (CETIC.br) e divulgada dia 28/12/2011 pelo Comitê Gestor da Informática (CGI.br), de 2007 a 2010 o número de microempresas informatizadas com acesso à Internet permaneceu em apenas 69%.

Pior! 73% das microempresas pesquisadas não possuem site e 83% delas sequer figuram em canais online de parceiros ou terceiros. E aquelas que têm página na Internet oferecem somente recursos básicos, como catálogos e listas de preços de produtos. A maioria dos microempresários entrevistados (64%) alega não necessitar da Internet para seus negócios. E mesmo aqueles que declaram usá-la, limitam-se a funções básicas, como envio de e-mail (97%) ou buscas online (88%).

É impressionante ainda vermos esse tipo de postura empresarial em pleno século 21.

Para entender um pouco mais, assista ao vídeo abaixo onde o gerente do CETIC.br, Alexandre Barbosa, apresenta indicadores da pesquisa.



Fonte: http://www.cidademarketing.com.br

1 thought on “Microempresas ainda não usam todo potencial da Internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *