Novidades Epic Games e Unreal Engine para 2020

Participei do Big Festival versão digital esse ano e são vários painéis muito bons. Nesse aqui, saberemos das novidades Epic Games e Unreal Engine para 2020 através de Paulo Souza, evangelista da Unreal Engine latino américa.

A Epic Games foi uma empresa fundada em 1991. Nessa época o criador da empresa, que tinha outro nome, criou o game ZZT que também era uma plataforma de criação de jogos. Foi a primeira que existiu. Em 1998 surgiu um game chamado Unreal e com ele mantiveram a ideia de plataforma que permitia criar outros jogos, os famosos mods, baseados no Unreal. Os maiores jogos online nasceram de modificações da comunidade. Alguns deles são Fortnite, LoL, Counter Strike. Os games se tornaram cada vez mais cinematográficos e a Unreal Engine foi se adaptando. O que fez a Unreal Engine se sobressair em relação as outras foram as várias ferramentas embutidas nela, para que qualquer um, mesmo sem ter background técnico de cinemática, pudesse fazer games de qualidade.

E a Epic Games também se tornou uma publisher que oferece a maior porcentagem para quem criou o game. E se você quer submeter seu jogo, basta acessar https://www.epicgames.com/store/about e preencher o formulário.

 

Outro serviço interessante é o Epic Online Services que conta com um serviço de matchmaker para fazer players se comunicarem uns com outros, serviço de lobbys pra chamar amigos pra jogar com você, peer-to-peer pra facilitar a conectividade, toda a infraestrutura de conquistas prontas para motivar players, estatísticas de jogos e guardar esses dados entre outros. Tudo isso gratuito bastando criar uma conta sdk no seu game.

E o Epic Online Services já está disponível para todas as plataformas (steam, uplay, xbos, playstation, nintendo switch, android, ios, windows, gog). PAra mais informações, basta acessar https://dev.epicgames.com/services.

Outra novidade interessante é o Epic MegaGrants. Um fundo onde a Epic investe em projetos que sejam muito legais feitos em Unreal, ou projetos open source que tragam avanços significativos para a indústria de computação gráfica. Hoje em dia são 100 milhões de dólares disponíveis nesse projeto, que serão usados para os próximos 5 anos. Mas não pense que esse projeto é para financiar seu game inteiro. Ele é apenas para dar aquele empurrão para você começar. E não será somente para games. A ideia é apoiar também eventos, projetos de RA e VR (não somente em entretenimento), projetos de educação e desenvolvedores de ferramentas open-source. Para mais informações https://www.unrealengine.com/megagrants

A Unreal Engine atual já suporta a próxima geração de consoles: playstation 5 e XBox Series X. O real-time ray tracing saiu de experimental e agora já está em sua versão beta. O novo engine Niagara VFX também já está pronto oficialmente.

O modelo de negócios da empresa também mudou. A Unreal Engine continua sendo gratuita, mas no seu primeiro 1 milhão de dólares de receita você começa a pagar os royalties. Isso já vale a partir de janeiro de 2020. Como chegar a 1 milhão de dólares é algo bem difícil de alcançar, eles esperam trazer pra Unreal Engine cada vez mais pessoas.

A Unreal Engine não serve somente para games. Existe uma infinidade de possibilidades e demanda. Por exemplo, a Globo utiliza essa ferramente para computação gráfica em sua programação televisiva. Então, se você está pensando numa ferramenta para aprender, a Unreal Engine está acompanhando as atualizações e o futuro da computação gráfica em tempo real está aqui.

A Unreal Engine  V vem com a tecnologia nanite (que é a tecnoligia de micropolygon) e lumen (que é iluminação em tempo real). Essa nova engine oferece modelo 3D que tem resolução infinita e iluminação real e global. A partir de 2021, apenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *