Como usar o WhatsApp no computador

Há muito tempo as pessoas pediam e os criadores do Whatsapp atenderam! Agora você pode enviar suas mensagens a partir de um computador.

Existem por aí outros métodos que implicam em baixar programas para instalar no computador e emular o sistema Android. Assim, a pessoa teria como baixar o app e usar igual como no smartphone. Porém, essa forma oficial não requer instalação, apenas um navegador de internet.

Diferente do ICQ, o Whatsapp web ainda está vinculado ao telefone. Isto é, se desligar o aparelho, ele para de funcionar no computador.

Outra questão é que obrigatoriamente ele exige que você utilize o navegador Chrome. Eu estava no Firefox e recebi a mensagem abaixo:

whatsapp web1
WhatsApp Web só funciona no Google Chrome

 

Para começar a usar, acesse http://web.whatsapp.com/e a tela abaixo aparecerá. Então você deve pegar seu celular e, com um aplicativo de leitura de QR code, mirar no quadrado.

whatsapp web2

O celular reconhece o link e é isso. Saia da tela e vá ao WhatsApp no seu aparelho.

whatsapp web3

Clique no menu e repare que uma nova opção aparece – WhatsApp Web. CLique nela.

whatsapp web4

Seu app vai reconhecer que você scanneou o QR code e irá sincronizar sua conta do WhatsApp com o seu browser no computador.

whatsapp web5

Assim que você se conecta ao pc, essa, abaixo, é sua primeira mensagem.

whatsapp web6
Não deixe seu smartphone desligado ou sem sinal de internet, se não, você perde o zapzap no pc também 😉

Por ser uma solução em browser também, ela pode ser usada em qualquer sistema operacional

Screenshot_2015-01-27-14-53-21

Pronto, agora você já pode manter-se voltado somente para o computador e seu chefe não vai poder mais reclamar que você vive no celular…rs 😛

whatsapp web7

 

3 thoughts on “Como usar o WhatsApp no computador

  1. E parece que só funciona com smartphones… Consegui usar por 2 dias, mas tive que deixar Meu Moto G na assistência técnica e tô usando o Whatsapp num Nokia C7 (Symbian Belle). A página não “conecta” ao celular nem por decreto…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *