Eu Fui! Congresso sobre acessibilidade

O 3º Congresso Muito Especial de Tecnologia Assistiva terminou ontem. Estive lá, visitei a feira e participei de algumas palestras.

Tive oportunidade de conhecer mais sobre esse universo que parece tão distante, mas que, na verdade, está mais perto do que imaginamos.

Não acredita? Então vejamos alguns exemplos.

Já reparou que o mouse do computador não é feito para canhotos? E os celulares que estão cada vez em tamanho mais reduzido? Os idosos e os míopes agradecem!

Pois é, acessibilidade é a facilidade de acesso a algo ou algum lugar. Não ajuda somente pessoas com deficiência, mas também idoso, grávidas, pessoas acidentadas (membros quebrados), mães com carrinhos de bebês, pessoas com visão e/ou audição reduzida, pessoas com carrinhos de compra, obesos… enfim, todos nós já passamos ou conhecemos alguém que já passou por difilculdades de acessibilidade. Aliás, o próprio fato de, por exemplo, algumas inscrições para concurso serem somente pela Internet já faz com que pessoas que não dominem a ferramenta, não tenham acesso!

Mas voltemos ao evento, que foi organizado pelo Instituto Muito Especial.

O 1º dia foi somente para credenciamento e abertura do evento.

Singela fila à luz do luar e companhia dos mosquitos


Você se inscrevia para Internet, mas mesmo assim ficava numa fila de 2,5h para (acreditem!) preencher novamente o que preencheu na Internet (a mão!) e receber um material informativo e um crachá, que nem todos conseguiram, pois acabou (aconteceu comigo). Depois tinha a abertura do evento e show com Diogo Nogueira, que começou enquanto muita gente (como eu) ainda estava fila. O mais interessante foi descobrir, no decorrer do evento, que qualquer um podia participar, mesmo não tendo se cadastrado. Conheci 2 pessoas nessa situação. 😛

Como meu foco é a Informática, assisti apenas a palestras voltadas para o assunto.

A que mais gostei foi sobre Informática Acessível, com as palestrantes Sandra Aluísio da USP e a Andréia Pereira do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense e seus 3 alunos fantásticos, criadores do Óculos-mouse.

Em toda palestra havia uma tradutora de Libras

Criadores do Óculos-mouse. Alunos que hoje estão com 18 anos.

Sandra Aluísio explica o PorSimples


Em próximos posts vou detalhar os projetos, que são bem bacana.

A feira também tinha bastante coisa interessante, a começar por essa mesa, do Espaço Dumont, que apareceu na novela Viver a Vida.



E o Jardim Sensorial, onde você vendava os olhos e era guiado por cegos para perceber, através de outros sentidos, as plantas que ali se encontravam. Um lindo espaço feito de Bambus e com corrimão como guia para andar pelo espaço.



A palestra sobre Tecnologia Assistiva na Educação Inclusiva com as palestrantes Myriam Pelosi e Carla Rangel falavam como elaborar uma educação inclusiva. Abordagem que sempre tento aplicar aqui no blog na instrução da informática.



No último dia, assisti a palestra da sobre Acessibilidade na Perspectiva do Desenho Universal, com a Thaís Frota (@acessibilidade) e José Lanchoti. Falarei com mais detalhes sobre esse tema interessante num próximo post.

A Thaís falou muito bem e foi bastante divertida, principalmente quando comentou que existem mais motéis acessíveis no Rio de Janeiro do que em São Paulo (que só tem 1), siginificando que aqui o pessoal se divertia mais, rs.

Palestra sobre Acessibilidade na Perspectiva do Desenho Universal


Infelizmente mais uma vez, por falha da organização do evento e do desrespeito do outro palestrante, não houve espaço para perguntas, devido ao abuso do tempo limite de palestra. Mas  o conteúdo expresso por ambos foi excelente.

Espero que eventos deste tipo, onde podemos ter acesso a informações tão preciosas de forma acessível, aconteçam mais vezes.

Abraço a todos e bom fim-de-semana,

Claudia Sardinha

7 thoughts on “Eu Fui! Congresso sobre acessibilidade

  1. Olá Clauda,

    Muito bom o post e o evento deve ter sido também. Interessante tirar essa idéia de que acessibilidade se refere apenas à deficientes, ela está presente no nosso dia-a-dia e na maioria das vezes nem nos damos conta. Atitudes simples, muitas vezes, podem facilitar muito a vida das pessoas. Vou ficar aguardando para ler os outros e conhecer os projetos.

    Pena que os organizadores do evento não fizeram o dever de casa!

    Abraços, Eliane

  2. Claudia,
    Infelizmente não pude ir ao evento porque não estava muito bem e acabei perdendo o congresso que tanto esperei. Fiquei horrorizado quando você disse que ficou 2h30 aguardando o credenciamento (que foi feito pela internet).

    O projeto do Mouse já havia tido repercussão em um programa de tv e é conhecido de muita gente. Seria legal levar inovações e tecnologias diferentes que são criadas por alunos no Brasil. Temos vários exemplos muito legais, como a cadeira controlda por voz, a bengala com sensor ou proteses para informatica.

    Quanto a informação da @acessibilidade, talvez ela esteja por fora mais existem mais motéis adaptados em SP, pelo menos 3 que constam na lista que publiquei em meu blog (http://www.deficientefisico.com/veja-o-video-e-saiba-onde-encontrar-um-motel-adaptado) e no Rio não temos tantas opções assim não.

    Achei que na programação faltou um pouco de assunto para deficiência auditiva, que poderia ter palestras voltadas a audio-descrição, que está na moda.

    Fico esperando os demais posts, sobre as palestras.

  3. Eliane, Carlos e The Best, que bom que gostaram do post 🙂
    Parabéns pelo evento, Carlos. Sucesso!
    Como disse, mas não sei se deixei claro, o evento foi bom. O conteudo estava interessante. Só pecou a organização mesmo. Pena que vc não foi, The Best… iria gostar. E espero que já estejas melhor 🙂
    Qto ao óculos-mouse, rs, confesso que não sou muito de televisão e desconhecia. E a informação da @acessibilidade foi baseada numa lista que um amigo dela blogueiro montou sobre lugares acessíveis no Rio. Valeu a contribuição. Vou até avisar pra ela dar uma olhada no seu blog.
    Essa semana farei posts específicos de cada tema que assisti. Aguardem!

  4. Olá Claudia, obrigada pela divulgação no seu blog!
    E que bom que gostou da minha palestra hahahaha
    E vc fez uma cobertura completa do congresso, né? Bem legal.
    Adorei te conhecer pessoalmente, muito simpática e atua na mesma causa: acessibilidade.
    Boa sorte pra você (pra mim tb).
    BeijOoo.

    1. Trabalho bom é pra ser divulgado 🙂
      Também gostei muito de te conhecer. Vc tb é muito simpática e divertida.
      Boa sorte para nós e muito grata pela visita virtual 🙂
      bjs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *