Gina Carano fala sobre sua demissão de Mandalorian

Gina Carano diz que um e-mail acidental da Disney a avisou sobre sua demissão do Mandalorian. Carano apareceu nas temporadas 1 e 2 da série de sucesso da Disney + como Cara Dune, a dura soldado Rebelde que virou Marechal da Nova República e se aliou ao caçador de recompensas Din Djarin de Pedro Pascal. A ex-lutadora de MMA deveria retornar para a 3ª temporada, bem como, possivelmente, participar de outra série secundária de Star Wars intitulada Rangers Of The New Republic. No entanto, após várias controvérsias nos últimos meses, Carano foi demitida de The Mandalorian e de qualquer outro projeto de Guerra nas Estrelas.

O público reagiu muito mal aos comentários dela em que fazia piadas anti-máscara e compartilhava conspirações de fraude eleitoral nos EUA, após a eleição presidencial de 2020. Ela também fez comentários frequentes nas redes sociais sobre os republicanos serem mais atacados por suas crenças políticas, e mais recentemente, comparou o fato de ser republicana a ser judeu no nazismo alemão. A postagem, junto com um tweet sobre Jeffrey Epstein, gerou indignação nas redes sociais, com a hashtag #FireGinaCarano (Demita Gina Carano) novamente em alta. Também parecia ser a gota d’água com a Lucasfilm, já que eles oficialmente cortaram os laços com a atriz, chamando seus posts nas redes sociais de “abominável e inaceitável”. Carano, desde então, resolveu falar nas redes que se uniu ao The Daily Wire de Ben Shapiro para produzir e estrelar um novo filme.

E foi falando com o polêmico comentarista político Ben Shapiro em um episódio especial do The Ben Shapiro Show, que Carano afirmou ter recebido acidentalmente um e-mail da Disney informando sobre sua demissão do The Mandalorian. Enquanto Carano soube oficialmente de sua demissão do programa nas redes sociais junto com todos os outros, ela disse que um e-mail enviado acidentalmente por funcionários da Disney a havia preparado para o que estava chegando.

Carano continuou: “Eles estão em cima de mim e me observando como um falcão, e estou observando as pessoas na mesma produção e eles podem dizer tudo o que querem, e foi aí que tive um problema. Tive um problema porque eu não estava concordando com a narrativa. ”. Carano provavelmente está se referindo a Pascal, a quem ela também se dirigiu na entrevista, dizendo a Shapiro que embora as opiniões deles sejam muito diferentes, ela não tem ressentimentos contra a estrela e eles foram capazes de manter uma amizade no set. Carano também explicou a Shapiro como ela se sentiu alvo da Disney, alegando que a empresa “intimidava” ela e outras pessoas ao silenciá-las. Ela também revelou recentemente que após sua recusa em usar o pedido de desculpas que Lucasfilm escreveu para ela publicar depois de zombar do uso de pronomes no Twitter, ela foi retirada da divulgação e promoção da 2ª temporada.

Embora Carano tenha sabido oficialmente de sua demissão nas redes sociais, parece que ela já sabia que isso aconteceria por um tempo. Ela estava balançando o barco por um tempo, e pode ser o melhor para todos que Disney e Carano não sejam mais afiliados. Atualmente não está claro como o Mandalorian tratará do desaparecimento da personagem Cara Dune daqui para frente. Enquanto alguns pediram que o personagem fosse reformulado, parece que Lucasfilm vai seguir um caminho diferente com a história de Cara Dune. Como fãs, só nos resta lamentar que a atitude inconsequente da atriz nos tenha tirado uma personagem tão bacana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *