jogos de tabuleiro ajudam a manter sua memória afiada na velhice

Jogar jogos de tabuleiro pode ajudar os idosos a manter suas memórias nítidas, afirmou um estudo. Aqueles que jogavam regularmente jogos como xadrez e bingo eram mais propensos a manter suas habilidades de pensamento, descobriram os pesquisadores.

Para o estudo, os acadêmicos da Universidade de Edimburgo avaliaram 1.091 indivíduos, todos nascidos em 1939. A função cognitiva geral dos participantes foi observada aos 11 e 70 anos de idade e, em seguida, uma série de testes cognitivos foram realizados nas idades de 70, 73, 76 e 79. Nas idades de 70 e 76, os entrevistados foram questionados com que frequência participavam de atividades como jogo de cartas, xadrez, bingo e palavras cruzadas.

Os pesquisadores então tentaram determinar se havia alguma ligação entre os jogos que jogavam e suas habilidades cognitivas. O estudo, publicado na série B: Psychological Sciences, da The Journals of Gerontology, descobriu que aqueles que começaram a jogar mais jogos nos últimos anos tinham menos probabilidade de apresentar um declínio nas habilidades de pensamento. Isso ficou especialmente aparente com relação à função de memória e velocidade de raciocínio do participante.

Os pesquisadores concluíram que suas descobertas poderiam ajudar a estabelecer que tipos de atividades podem beneficiar nossas habilidades cognitivas na velhice. Dr. Drew Altschul, da Escola de Filosofia, Psicologia e Ciências da Linguagem da Universidade de Edimburgo, explicou: “Para aqueles com 70 anos ou mais, outra mensagem parece ser que jogar jogos não digitais pode ser um comportamento positivo em termos de redução do declínio cognitivo.”

O professor Ian Deary, diretor do Centro de Envelhecimento Cognitivo e Epidemiologia Cognitiva da Universidade de Edimburgo, disse que a pesquisa está “restringindo os tipos de atividades que podem ajudar a manter as pessoas afiadas na terceira idade”. “Seria bom descobrir se alguns desses jogos são mais potentes que outros”, acrescentou o professor Deary. “Também destacamos que várias outras coisas estão relacionadas ao melhor envelhecimento cognitivo, como estar fisicamente apto e não fumar”.

Caroline Abrahams, diretora de caridade da Age UK, disse que as conclusões do estudo são “mais uma evidência” de que o declínio das habilidades de pensamento na velhice “não precisa ser inevitável”. “A conexão entre jogar jogos de tabuleiro e outros jogos não digitais mais tarde na vida e habilidades de pensamento e memória aprimoradas contribui para o que sabemos sobre as medidas que podemos tomar para proteger nossa saúde cognitiva, incluindo não beber álcool em excesso, ser ativo e comer de forma saudável. ”, disse Abrahams.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *