Livros e tecnologia cada vez mais integrados na Bienal do Livro de 2015

A cada 2 anos eu vou à Bienal do Livro, pois apesar de amar tecnologia, eu também amo um bom livro de papel. Porém, a cada ano que passa esses 2 mundos estão cada vez mais integrados.

Neste ano tivemos pontos de recarga de celular junto aos pontos de descanso, armários guarda volume (lockers) que eram ativados através do uso de leitura de QR-code no celular, Uma transmissão de vídeo projetada de Maurício de Souza e, claro, e-book!

A feira estava para todos os gostos e eu fiz a festa…rs.

Uma das coisas que chamou atenção foi o robozinho que conversa, conta histórias e dança para o público que passa no stand da Editora Elsevier.

O “equipamento”, batizado de NAO, é produzido pela francesa Aldebaran Robotics e faz parte de um grupo de cinco robôs da equipe de robótica Jaguar do campus de Volta Redonda do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRJ). No curso do Ensino Médio integrado ao técnico em automação da instituição, os alunos aprendem programação no curso do Ensino Médio integrado ao técnico em automação.

Abaixo vocês poedrão ver um breve resumo das tecnologias encontradas na BIenal do Livro de 2015. Ainda dá tempo de ir conferir, pessoal!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *